sábado, 11 de abril de 2015

CUIDANDO DO CORAÇÃO Gênesis 26:12-25





 CUIDANDO DO CORAÇÃO
Gênesis 26:12-25

I – A ARTE DE “DESENTULHAR” CORAÇÕES:

Abraão havia cavado originalmente, os poços (Gn 16:14; 21:25 e 33; 22:19; 24:62;25:11),
 e estes passaram a fazer parte da herança familiar.
= No oriente quem cavava um poço era considerado um benfeitor público.

1)      –    QUAIS OS DOIS TIPOS DE PESSOAS?
Ø  Pessoas com vocação para entulhar poços: (a síndrome dos filisteus);
Ø  Pessoas com vocação para desentulhar poços: (a síndrome de Isaque).

2)      –   QUE RELAÇÃO EXISTE ENTRE ESSES “POÇOS” E A VIDA HUMANA?
Ø  Toda pessoa é um poço com água viva, água corrente, apesar do entulho;
Ø  Toda pessoa é entulhável ou vulnerável, podendo  se tornar vítima do entulho dos filisteus;
Ø  O entulhamento pode acontecer de repente, mas o desentulhamento é um processo lento.

3)      –   O QUE É O “ENTULHO” DOS FILISTEUS?
Ø  Pecados não confessados – impurezas – vida dupla ou relativismo ético. (a água só brota dos poços que forem limpos);
Ø  Tradicionalismos (idéias mortas de pessoas vivas = As tradições são boas, pois são idéias vivas)
Costumes criados pelo gosto ou capricho da vontade humana;
Ø  Legalismo religioso = aparência e formas externas; santidade falsa;
Ø  Incredulidade ou ateísmo prático – o abandono claro da suficiência das Escrituras;
Ø  Comodismo espiritual = Falta de espaço para Deus (tempo) nas agendas das pessoas;

4)      –   COMO AGEM AS PESSOAS COM VOCAÇÃO PARA ENTULHAR POÇOS? (v.14,15)
Ø  É dominado pela inveja – (sente tristeza com o sucesso dos outros);
Ø  É motivado pela contenda e o egoísmo – (não respeita, nem considera o próximo); (v.20)
Ø  É influenciado por um espírito diabólico para provocar desavenças entre as pessoas – (é um caçador de sombras; ressalta sempre as coisas negativas, fazendo julgamentos sem misericórdia); (v.20)
Ø  Guarda ódio e ressentimento – é levado à perseguição e negativismo – (o entulhador se prende mais no que  deveríamos fazer, não no que fazemos ou somos).

5)      –   COMO TRABALHAM OS DESENTULHADORES DE PLANTÃO? (v.17,18,19,21,22).
Ø  Aprendem com a experiência dos mais velhos;
Ø  Enfrentam as crises sem deixar seu coração azedar; confiam nas promessas de Deus;
Ø  Fogem da contenda e do espírito de ódio, em busca  de novos horizontes;
Ø  Reabrem antigos poços, sem deixar de cavar outros novos;
Ø  Colocam as pessoas acima das coisas; (entendem que as pessoas são mais valiosas do que estruturas ou conquistas);
Ø  Encorajam os outros com palavras e boas ações;
Ø  Aceitam as pessoas como elas são;
Ø  São altruistas
Ø  Sempre estão atrás de novos horizontes (novos desafios);
 

6)      –   TRÊS GRANDES LIÇÕES QUE NÃO PODEMOS ESQUECER:
Ø  Onde existir um filisteu entulhador, Deus levanta um Isaque desentulhador;
Ø  Todo entulhador se torna, ele mesmo, um entulho;
Ø  Todos nós temos, em alguma medida, um pouco de Isaque e um pouco de filisteus.

7)      –   COMO SE TORNAR UM DESENTULHADOR DE PLANTÃO?
Ø  Esteja desentulhado ou pelo menos no processo (aberto a reconhecer erros/falhas);
Ø  Conserve ou respeite os que vieram antes de você. O que eles realizaram foi estabelecido através de muita luta e dificuldades;
Ø  O novo não pode excluir o velho e vice-versa! Os poços dos pais são ricos em tradição de sabedoria, os poços dos jovens trazem novas perspectivas;
Ø  Não perca tempo e energia em contenda com os entulhadores, às vezes é conveniente nos esquecermos de nossos direitos;
Ø  Invista profundamente na vida das pessoas entulhadas até redescobrir a água represada, fazendo-a jorrar.

CONCLUSÃO: Remover  o “lixo” da vida das pessoas é responsabilidade de todos nós. Cada entulho removido abre novas possibilidade e traz esperança de se ver o fluir da água novamente.
“Sua postura é o olho de sua alma./ Se a sua postura for negativa, você verá as coisas negativamente, se for positiva, você verá as coisas positivamente”. (John Maxwell)

II – MANTENDO O CORAÇÃO “DESENTULHADO”:
         Agora Isaque encontra um lugar de paz e prosperidade; Deus abriu espaço para ele, preparando-lhe um lugar pacífico.

1)- VOLTE PARA CASA – O LUGAR DE RESIDÊNCIA FAVORITA DE SEU PAI –  
      (BERSEBA) – (v. 23).
Ø  Quando enfrentamos um longo período de  contenda e de guerra aberta, o melhor é voltar para casa;
Ø  Procure andar em caminhos conhecidos.

2)- MANTENHA OS ENCONTROS PESSOAIS DIÁRIOS COM DEUS –(O ALTAR)
      (v.24 e 25).
Ø  Viver é uma vocação para Deus, antes de o ser para mim;
Ø  Não divida a sua vida entre sagrado e profano = cave poços e levante altares com a mesma dedicação espiritual;
Ø  Erga altares ao Senhor enquanto trabalha, estuda, descansa, etc.

3)- RENOVE SEMPRE SUA ALIANÇA COM O SENHOR (v.25).
Ø  Deus reafirmou Isaque em meio ao temor e ansiedade nos quais se encontrava o seu coração;
Ø  A presença divina infunde força e coragem;
Ø  Renove o seu espírito e ganhe ânimo nas misericórdias de Deus.

4)- CONTINUE SUA JORNADA MANTENDO O CORAÇÃO LIMPO – (v.25).
Ø  Acerte a conta com os seus “inimigos” ou desafetos, não deixe nenhum conflito a resolver, para trás;
Ø  A bênção ou sucesso vem  imediatamente após o acordo sincero com seus “inimigos”;

CONCLUSÃO: Não desista de esperar. Não pare de sonhar! Não pare de lutar! Seja persistente, confiante!



 (Este estudo foi minitrado aos pastores do Conselho de Pastores de Umuarama, pelo Pastor Josadaque de Lima, no Pastoreio de Pastores, a cerca de 15 anos).