segunda-feira, 23 de maio de 2016

A PALAVRA GUARDADA

Salmo 119.11 - “Guardo no coração as tuas palavras, para não pecar contra ti”. Um grande problema do mundo atual é celeiros. Não há onde colocar a produção, pois os silos estão lotados. Não há mais onde colocar o lixo, pois produzimos uma quantidade enorme e o meio ambiente já está todo contaminado. Não há onde guardar as coisas boas e nem as coisas ruins. Assim acontece com a nossa mente. Não há mais espaço para aquilo que realmente nos interessa. Estamos estressados, cansados e ocupados demais para parar e ouvir a voz de Deus. Filmes, revistas, internet e tantas outras fontes de informação já ocupam todo o espaço da mente da população. Onde colocar mais alguma coisa? O salmista disse que quer fazer do seu coração um depósito útil, para algo realmente útil, para obter algo que realmente fará diferença em sua vida. Ele, assim como nós, devemos oferecer nosso coração como um útil depósito para tudo aquilo que venha de Deus e seja útil para nosso crescimento espiritual.
CONSAGRE O TEU CORAÇÃO A DEUS COMO UM BOM DEPÓSITO
Em primeiro lugar veremos que O CORAÇÃO É MELHOR DEPÓSITO PARA GUARDAR ALGO REALMENTE IMPORTANTE. O salmista disse: “GUARDO NO CORAÇÃO”. Quando estão apaixonados os namorados desenham nas árvores os seus nomes dentro de corações, pois assim querem dizer que seu amor está guardado no lugar mais importante que possuem. Alguns depósitos podem se tornar inseguros para aquilo que é guardado nele. A geladeira, tão útil para guardar alimentos perecíveis, pode se tornar inútil de a energia acabar. A despensa pode ser atacada por ratos e baratas e os alimentos podem ser contaminados ou podem ser roubados por ladrões. Quando se tem algo de valor guarda-se num cofre ou num local muito bem protegido. O coração é o melhor depósito que podemos oferecer. Ele é protegido por uma couraça de ossos e proteções internas. Quando dói logo cuidamos dele, pois se parar a gente morre. Dele procedem as fontes da vida (Pv 4.23). Ele regula o que sai de nossa boca e é ele quem, muitas vezes, nos guia em nossas decisões.
     Em segundo lugar veremos QUAL É O MELHOR OBJETO A SER GUARDADO COM SEGURANÇA - “GUARDO AS TUAS PALAVRAS”. Guardamos roupas e sapatos que não gostamos para um dia fazer uma boa ação e nos livrarmos deles. Guardamos objetos velhos e resto de obras na esperança de um dia usá-lo até descobrirmos que não teremos como usá-los, e então jogarmos fora. Guardamos, também, maus sentimentos que só nos fazem mal. E guardamos lembranças do passado que muitas vezes não nos deixam viver o presente e planejar o futuro. Japoneses são inteligentes e provam isto jogando fora aquilo que não usarão mais. Depois, quando precisam, compram um novo. O que devemos guardar? Devemos guardar o que de fato nos é útil. O salmista nos responde: “Guardo, no coração, as tuas palavras”. O que são “as tuas palavras”?  É lâmpada para os pés e luz para o caminho (Sl 119.105) É a verdade que liberta. Ela nos ilumina para discernirmos os pensamentos e os propósitos do nosso próprio coração (Hb 4.12) Se a observarmos com cuidado guardaremos puro o nosso caminho (Sl 119.9) e muito mais. Ela deve ser preservada, protegida, cumprida, obedecida, priorizada e tida por todos como o melhor alimento. Não há nada mais útil e necessário a ser guardado no coração do que a Palavra de Deus.
     Em terceiro lugar veremos O MELHOR OBJETIVO DE SE GUARDAR ALGO REALMENTE ÚTIL - “PARA NÃO PECAR CONTRA TI”. Alpinistas se expõe a temperaturas extremamente frias e por situações perigosas apenas para, no final, tirar uma foto e deixar uma bandeira congelada no cume do monte. Homens gastaram milhões para ir à lua para deixar nela rastos e uma bandeira para fazer inveja em quem não foi lá. Competidores se preparam por meses para ganhar um cheque, uma medalha e um colar de folha de louro. Vale a pena? Paulo nos fala da superioridade do objetivo do cristão: A Coroa incorruptível. O salmista disse que guardaria a Palavra de Deus no coração para não pecar contra Deus. Esse é o melhor objetivo que alguém pode ter. Guardá-la no coração fortalece na hora da tentação. O grande vilão da história dos homens é o pecado, pois é ele que nos afasta de Deus e para vencê-lo temos de usar a Palavra. Não pecar contra Deus é preservar a vida e o relacionamento com Deus. Quem peca traz conseqüências contra sua própria alma. Por causa do pecado foi necessário o Sacrifício de Cristo. É por isso que “NÃO PECAR” é o melhor objetivo que podemos ter.  


  (Rev. Silas Matos Pinto).